Menu
Menu

Vitamina K2, saiba onde ela atua no organismo

Muitos não conhecem ou sabem pouco sobre a vitamina K2, mas ela é responsável pelo cuidado e manutenção de várias partes importantes do nosso corpo como o metabolismo, os ossos e a coagulação. Esta vitamina é responsável pela ativação de várias proteínas, que colaboram com a calcificação dos ossos e impedem a calcificação dos vasos sanguíneos, protegendo principalmente o coração e rins. O complexo de vitamina K pode ser encontrado em alimentos predominantemente verdes (evitados por quem usa anticoagulantes) e alimentos de origem animal.

Como funciona a vitamina K2?

Dentro do complexo de vitaminas K podem ser encontradas três principais divisões: K1, K2 e K3. A vitamina K2 é encontrada nos alimentos de origem animal e fermentados como leites, queijos etc. Além de poder ser consumida, também é produzida pela flora bacteriana do nosso corpo e ajuda na saúde dos ossos e vasos sanguíneos. Ela é responsável principalmente pela saúde do coração, pois a calcificação nas artérias ao redor do coração é um dos grandes fatores que levam às doenças cardíacas Segundo os cardiologistas a vitamina K2 impede esse depósito de cálcio nas artérias garantindo que o órgão se mantenha saudável e afasta doenças graves como aterosclerose. 

Apesar de não ser prevista por lei, uma das recomendações do Ministério da Saúde que é seguida por muitos hospitais é a de aplicar um reforço do complexo vitamínico em recém-nascidos. Por mais que a deficiência da vitamina atinja apenas 0,5% dos bebês, a injeção da mesma previne hemorragias internas especialmente em bebês prematuros após o nascimento, devido a sua ação coagulante, além de auxiliar no desenvolvimento do cálcio para ossos fortes.

A deficiência desta vitamina pode ser considerada uma situação rara e um dos seus mais notáveis sintomas é a dificuldade de coagulação notada principalmente ao fazer um corte ou um machucado pequeno devido o sangramento excessivo. Além deste, outro sintoma comum da falta dessa vitamina é a fragilidade ou fraqueza dos ossos, que é identificada principalmente em pessoas que sofrem com osteoporose, e no caso da doença, é acompanhada pela falta de vitamina D.

Quando suplementar?

Por estar presente na maioria das mesas em alimentos comuns como o alface e o abacate, uma pessoa que cumpre todas as refeições seguindo uma dieta balanceada já atinge os níveis diários de consumo de vitamina K em suas 3 variações consideradas normais. Suplementos de vitamina K em qualquer uma de suas variações devem ser sempre orientadas por um médico supervisor ou nutricionista responsável e apenas em casos de deficiência descoberta através de exames de sangue.

A suplementação de vitamina K traz grandes riscos à saúde quando consumida sem orientação médica, pois devido aos seus fatores coagulantes a ingestão excessiva pode acarretar em grandes coágulos sanguíneos que a longo prazo aumentam os riscos de trombose e perda de função hepática. Por isso é muito importante fazer exames de sangue e seguir o protocolo médico corretamente, tomando apenas a dosagem diária indicada em caso de deficiência e pelo tempo determinado pelo seu profissional responsável.

Se você já fez os seus exames e recebeu o diagnóstico de falta de vitamina K, traga sua receita para a Vert Essence!

Cuide da sua saúde e até a próxima!

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Compartilhe!

Não deixe de conferir:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vert Essence - Farmácia de Manipulação
Enviar
Seu Carrinho
Seu carrinho está vazio =(
Subtotal
R$0,00
Continuar comprando
0